Terra do Ouro

Póvoa de Lanhoso

Pedido de Reserva

Check-in:

Check-out:

Adultos:

Crianças:

Descubra Póvoa de Lanhoso

Situada em pleno coração do Minho, nas proximidades de Braga, Guimarães e Parque Nacional da Peneda Gerês e encaixada entre os verdes vales do Ave e do Cávado, Póvoa de Lanhoso integra toda a riqueza e diversidade da maravilhosa paisagem minhota.

O que gostaria de conhecer?

Póvoa de Lanhoso Cultural

Natureza e paisagem

Santuários religiosos

Ourivesaria tradicional

Divertimentos e desportos radicais

 

Destaques

 

Diverlanhoso

A DiverLanhoso é um dos maior parque aventura da Península Ibérica e um dos maiores da Europa! Dispõe de mais de 50 atividades de desporto, aventura e natureza, de um restaurante com gastronomia minhota típica, de uma piscina, de salas multiusos e de muitas outras valências, tudo isto, no mesmo local. Localizada na freguesia de Oliveira, a poucos quilómetros do Hotel Rural Vila Joaquina, consulte-nos para marcação de actividades.

Saiba mais acerca da DiverLanhoso

Ler mais

Publicado em:2019-02-27  -  Categoria:Região - Destaques

Filigrana

Póvoa de Lanhoso é um dos mais importantes centros de produção artesanal da mundialmente famosa filigrana portuguesa. A filigrana é a arte de trabalhar o ouro e a prata através de delicados fios destes materiais, finamente entrelaçados e justapostos, formando obras de elevada complexidade, forma e riqueza estética. A poucos quilómetros do Hotel Rural Vila Joaquina, nas vizinhas freguesias de Travassos e Sobradelo da Goma, poderá encontrar e visitar diversas oficinas de filigrana. Em Travassos existe um Museu do Ouro, e no posto de Turismo de Póvoa de Lanhoso encontra diversa informação útil.

Saiba mais acerca da filigrana

Ler mais

Publicado em:2019-02-27  -  Categoria:Região - Destaques

 

Castelo de Lanhoso

O castelo de Lanhoso, situado na entrada norte da vila de Póvoa de Lanhoso, é um dos mais imponentes castelos portugueses, e um destaque no circuito turístico regional. Erguido no topo do Monte do Pilar – o maior monólito granítico do país -, isolado na divisão dos vales dos rios Ave e Cávado, dentro dos seus muros foi erguido um santuário seiscentista, utilizando a própria pedra das antigas muralhas. A meia encosta, no seu acesso, podem ser apreciados os vestígios de um antigo castro romanizado. A tradição refere que neste castelo se refugiou, por duas vezes, a condessa Teresa de Leão, mãe de D. Afonso Henriques (1112-1185).

Saiba mais acerca deste castelo

Ler mais

Publicado em:2019-02-27  -  Categoria:Região - Destaques